Início Medicina alternativa Plantas Medicinais – Aprenda a Combater Doenças

Plantas Medicinais – Aprenda a Combater Doenças

1580
0
COMPARTILHE
plantas medicinais

O uso de plantas medicinais para tratar doenças é tão antigo quanto a história da humanidade

Hoje trago-lhe um artigo acerca dos benefícios das plantas medicinais. Vou mostrar-lhe algumas plantas que ajudam a combater algumas doenças.

1 – Agrião

Fins medicinais: Diurético, anti-inflamatório, pode ser usado para tratar aftas, gengivites e acne, ajuda a melhorar a digestão e a tratar a tosse.

Como usar: A simples digestão do agrião liberta substâncias expectorantes que ajudam a limpar as vias respiratórias. Pode ser consumido em saladas, batido em sumos ou bebido em infusões de chás (1 colher de sopa de folhas secas para uma chávena de chá de água a ferver, três vezes ao dia)

Atenção! A infusão de agrião não deve ser consumida por grávidas. Além disso, o excesso costuma irritar a mucosa do estômago e as vias urinárias. Não deve ser ingerido por quem tem úlceras e doenças renais inflamatórias

 

2 – Alfazema
Desde a Antiguidade que a planta era usada em banhos de imersão de gregos e romanos. Isto provavelmente porque as suas flores têm um delicado aroma calmante. Hoje sabe-se que a alfazema também é eficaz contra as infeções urinárias comum em mulheres.

Fins medicinais: As suas folhas são usadas em remédios contra conjuntivite e as flores funcionam contra tosse, bronquite, queimaduras e enxaqueca.

Como usar: Misture 100 ml de óleo de amêndoa com 40 gotas de essência de alfazema. Use esse óleo para massajar o corpo – uma boa ideia é aplicá-lo antes de dormir.

Atenção! Em excesso, o chá de alfazema irrita bastante o estômago. E há pessoas com alergia ao seu óleo essencial.

3 – Alecrim
Na Grécia antiga, esta planta era utilizada em cosméticos e incenso. Rico em óleos essenciais como limoneno e cânfora, hoje seu uso medicinal mais comum é em compressas para aliviar hematomas. Diminui as dores provocadas por doenças reumáticas e articulares.

Fins medicinais: Há indícios de que seus princípios ativos combateriam enxaquecas, falta de memória e imunidade, diminui dores reumáticas e articulares.

Como usar:Dilua 1 colher de café de óleo essencial de alecrim em 1 xícara de azeite de oliva. Esfregue, então, o óleo na região dolorida com massagens suaves.

Atenção! Em pessoas sensíveis, pode irritar a pele. Seu óleo jamais deve ser engolido e, em altas dosagens, é abortivo. Quem é epilético não pode usar esta planta.

4 – Camomila
É um dos chás considerados mais seguros. A erva é muito usada para acalmar cólicas e como anti-inflamatória, graças ao óleo essencial com propriedades anti-inflamatórias. As suas flores são lotadas de substâncias que ajudam a manter a hidratação da pele. Por isso a camomila é muito usada na indústria de cosméticos em sabonetes e champôs.

Fins medicinais: Facilita a eliminação de gases e estimula o apetite. A infusão concentrada pode ser usada em bochechos para tratar a inflamação das gengivas. Também alivia dores musculares, na coluna e ciáticas.

Como usar: Para aliviar irritações de pele use 6 colheres de sopa de flores frescas de camomila para preparar uma infusão com 1 litro de água. Aplique o líquido em compressas sobre a área afetada.

Atenção! Algumas pessoas têm alergia à erva. E o excesso pode causar mal-estar, enjoo e vómitos. Deve ser evitada por grávidas e por quem estiver a tomar remédios anticoagulantes.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here